Discos que a gente ouve

Chorando as Pitangas

Nos idos de 2001 lancei “Eu, Estudante. Minha Vida no Estágio”. Fiz questão de fazê-lo num bar e no dia em que Vitor Lopes se apresentava. Foi, claro, mais uma noite de choro da melhor qualidade. Desde então o tenho visto se apresentando em diversos lugares, sempre com sua inconfundível técnica e sonoridade.