Thereza Dantas

Sábado à noite

Mais uma noite de sábado. O Poeta pensa na música do "eterno jovem" Lulu Santos. Pensa enquanto separa seus livros, editados de forma independente, para levá-los ao bar. Mais um dia de trabalho... "todo mundo espera alguma coisa..."
"todo mundo pensa em ter uma vida boa...". Porque Lulu Santos o atacava agora?

Para sempre Juliana e Pedro

No bar ela entrou pronta para o desfecho no macho cobiçado. Juliana sabia que de hoje ele não passaria. E lá chegou, bonita e cheirosa. O macho, Pedro, já estava à espera da fêmea, Juliana.

Bares são sempre bares

Bares são para sempre bares. A frase já nasce meio piegas, mas na vida de Oswaldo e Jair, isso não é falso.
A mesa de ferro de esmalte branco com cadeiras de igual pintura não enganam o tipo de bar que Oswaldo e Jair freqüentam há anos: o famoso pé sujo. De lá os amigos analisam os freqüentadores e a movimentação da rua.
“Já sabes que amei Veridiana?”
“Vais contar novamente essa história?”

Uma cerveja

A polícia chega ao shopping center em menos de 10 minutos. Os seguranças isolaram o local onde dois corpos jazem. Sangue vermelho no piso frio branco. Um homem imobilizado no chão por um dos seguranças, grita que foi ofendido. De longe, não se percebe a diferença de cores, gênero e classe social no sangue do homem e de uma mulher. Olhando assim, percebe-se que somos todos iguais na morte.